AllexInCasa: pra quem sempre volta pra casa

Just another WordPress.com site

Cora Coralina

with 30 comments


Corais são a minha criptonita (quem acompanha o blog, sabe). Não que eu não possa chegar perto deles, ao contrário: me esparramo feito manteiga aviação quando vejo. Levei um pito homérico por causa de um, semanas atrás, durante o meu périplo mediterrâneo. Explico: desembarquei na Ilha de Capri, Nápoles, obstinado: traria um coral vistoso de lá. Na primeira lojinha, o instinto falou mais alto, e lá fui eu, cheio de atitude brasileirinha, botar a mão na peça para ver se era mesmo de verdade. “Porca miséria!”, gritou a Mama Bruscheta que comercializava os intocáveis. Não era para menos: ele custava parcos 12 mil euros. Saí de lá mais corado do que o meu objeto de desejo. E embora tenha garimpado cada esquina daquele balneário de fina estampa (que, diga-se de passagem, é a cara da Ilha Bela, um pouco mais metida a besta, é claro, com suas Pradas, Balenciagas e Comme des Garçons), não achei nenhunzinho da silva que coubesse no meu budget.


Voltei para o barquinho frustradíssimo, carregando algumas traquitanas mais simplesinhas e afogando as mágoas no gelato mais delicioso que já provei – zuppa inglesa x panna cota. Pelo menos, fiquei cobra coral no assunto. Saca a expertise:

1) Corais vermelhos autênticos só existem no Mediterrâneo (os chineses pintam os deles);

2) Quando originais (a pesca dos corais foi proibida desde os anos 50, por conta da ação predatória no ecossistema marinho), são considerados jóias raras, o que justifica o preço estratosférico;

3) A Ilha de Capri é para ricos e famosos, tipo o Leonardo DiCaprio;

4) Traquitanas simplesinhas, pagas em euros em tempos de crise, podem fazer mal à saúde – principalmente quando você abrir a fatura do cartão de crédito.


O jeito é recorrer ao fake to fake. Fabrizio Rollo, que de fake não tem nada, dá a dica: “Na decoração, os corais fazem um chic imediato para enfeitar mesas ou emoldurados em caixas acrílicas. Cabos de pincéis, talheres e até puxadores de gavetas podem ser encontrados no mercado. Existem opções que não prejudicam a natureza e têm um grande efeito. Produzidos em cerâmica, metal, resina ou cimento, a onda dos corais volta com apelo. Agora a tendência maior é salvar este ser fascinante e investir em estampas, gravuras, pinturas e outras matérias fakes”. Aqui e agora, uma seleção das imitações que não fazem mal a ninguém – muito menos ao planeta.


E para não fazer a linha no sense, a alcunha da nota é homenagem à goiana Cora Coralina, dona dos versos mais lúdicos que já li, alguns deles acerca da beleza do mar, tipo: “quero te servir a poesia numa concha azul do mar”. Lindo, né?

Anúncios

Written by AllexInCasa

novembro 27, 2008 às 11:57 am

Publicado em Décor, Design

Tagged with , , ,

30 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. lux de luxe.

    andre

    novembro 27, 2008 at 12:07 pm

  2. O fake é a solução. E o coral black é o meu preferido. Post lindo.

    E por falar em lindo, a capa de dezembro podia vir para esse blog hein!

    Paula Queiroz

    novembro 27, 2008 at 12:29 pm

  3. Acho chique !
    Mas concordo com a Paula, o fake é a solução…

    Bj

    Fabi

    novembro 27, 2008 at 2:13 pm

  4. Alex, esse post tá bárbaro e vc se superou ao escreve-lo. Parabéns!
    Gosto dos corais, principalmente em gravuras grandes e em bordados; acho lindo em almofadas.
    Pense numa matéria sobre corais naturais – seus lugares de origem, suas varias formas, etc – pra uma proxima edição ; acho q seria muito bacana o assunto.
    abraços.

    marcelo

    novembro 27, 2008 at 2:27 pm

  5. Não se esqueçam, amigos: comercializar corais originais é crime! Se souberem de alguém vendendo, avisem a polícia!

    BARESI

    novembro 27, 2008 at 3:00 pm

  6. qual parte do “Aqui e agora, uma seleção das imitações que não fazem mal a ninguém – muito menos ao planeta” essa galera revoltada não entendeu?

    Parabéns pelo trabalho, Allex.

    tina

    novembro 27, 2008 at 3:53 pm

  7. O lugar dos corais é o mar. O consumo, mesmo das raridades capturadas no passado, de uma forma ou de outra alimenta o contrabando. Ter corais em casa tá fora de moda.

    cristiana

    novembro 27, 2008 at 4:28 pm

  8. Ainda bem que você não comprou. Cuidado com essas divulgações de preços.Já pensou o que será de Abrolhos no futuro?Vamos fazer materias politicamente corretas!

    MARIA ALICE COSTA CO

    novembro 27, 2008 at 5:12 pm

  9. Que gente estúpida. Esse povo que não sabe ler não deveria ter acesso à internet… ELE ESTA FALANDO TUDO: QUE E PROIBIDO, QUE E CRIME E QUE O LEGAL E TER FAKE, SEM ESTRAGAR O MAR E O PLANETA.

    Denise Rosado

    novembro 27, 2008 at 5:32 pm

  10. ahahahahahahahaha, adorei Denise!
    Concordo com você!
    Beijos

    Ana Lu

    novembro 27, 2008 at 5:34 pm

  11. Galera o post do Allex é super coerente. De uma vez por todas a referência ao coral fake significa imitação.

    Ana Paula de Assis

    novembro 27, 2008 at 5:37 pm

  12. Que legal vc lembrar da Cora Coralina neste post.

    E por falar em coral tenho visto vários editoriais ressaltando o tom coral. Tenho observado algumas coisas bonitas.

    Heloisa Ferreira

    novembro 27, 2008 at 5:38 pm

  13. O post é incrível, super atento ao que pode e não pode na hora de se aventurar na caça ao coral. Pena que nem todo mundo tenha esta sensibilidade para entender o que foi escrito… No mais, o fake tá na moda!!!!

    Patrícia

    novembro 27, 2008 at 5:45 pm

  14. Calma pessoal!!!!!!
    Acho que eles não leram o post até o final….
    Essa é a única explicação que eu encontro para tanta revolta……
    Um abraço a todos

    Xuxu

    novembro 27, 2008 at 5:59 pm

  15. Amo você…continue sempre assim arrasa bem….rs

    Gabriela Rodrigues

    novembro 27, 2008 at 6:04 pm

  16. Bem vindo ao IG, o portal dos pobres, burros, ignorantes e analfabetos. Esse post é um dos melhores textos *ever*. Zé povinho é phoda.

    anônimo

    novembro 27, 2008 at 6:41 pm

  17. (!!!) Tou chocado com esses comentários agressivos. Gente, vamos LER um pouco mais? O Allex deixa claro que a extração de corais é proibída desde os anos 50, e que chic agora é “fake to fake”. Ou seja, corais falsos! Para os desavisados, corais falsos não crescem nos recifes e a produção deles não afeta o meio ambiente, ok? São feitos de resina, porcelana ou cerâmica. E são lindos. Vamos ler com mais atenção, né povo?

    André

    novembro 27, 2008 at 7:07 pm

  18. Coral é MARA!

    Ladir

    novembro 27, 2008 at 7:09 pm

  19. Gentem que coisa horrível,ter um treco desses como enfeite, creduuuuuuuuu!!!!!
    Parece aquelas bigigangas que as nossas avós adoravam tirar o pó…
    Dá até medo de olhar para isso, terei pesadelos à noite. O coral belo, é aquele que a própria natureza esculpiu, não esse negócio que inventaram e agora querem dizer que é moda, porque quem inventou não tem lugar para colocar essa parafer_
    fernalha. CREDO!!! CREDO!!!

    Lua

    novembro 27, 2008 at 9:02 pm

  20. Ladiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiir!

    Dona Álvara

    novembro 28, 2008 at 12:20 am

  21. Os corais, que são seres vivos, estão em extinção. E fiquei impressionado como é utilizado até para base de mesa!
    É como utilizar marfim (dente de elefante) ou caso de pele natural.
    Creio que você está “out”.
    E o que é pior, incentivando as pessoas que vão a essas “piscinas naturais” no nordeste a apanhar pedaços de corais, por causa do valor. Em países desenvolvidos, como a Costa Rica, é proibido tocar nos corais enquanto se mergulha. Aqui, nos passeios de barco aconselha-se a levar tenis para pisar nos corais!!!!
    Sem abraço
    claudio

    claudio luiz dias

    novembro 28, 2008 at 7:50 am

  22. aqui em PE mais preciso em Marinha Farinha litoral Norte, foi presa uma quadrilha que contrabandiava corais para o Exterior

    eu

    novembro 28, 2008 at 5:06 pm

  23. Olha em tempo de se pensar em preservar um ambiente o IG me deixa publicar uma materia desta. E ainda por cima com chamada na primeira pagina. Esperava mais de dos editores e do Ig.

    Bruno Pavani

    novembro 28, 2008 at 5:10 pm

  24. Usar Corais verdadeiros para qualquer fim é um crime.

    Carlos Falci

    novembro 28, 2008 at 6:00 pm

  25. ASSASSINOS DA NATUREZA.
    VOCES NÃO TÊM LIMITE PARA GANHAR DINHEIRO.

    FRANCISCO

    novembro 28, 2008 at 8:27 pm

  26. querido, seu erro foi mencionar o fake apenas nas últimas linhas…
    primeiro chama a atenção para o uso de corais… conta aquela história… blá blá blá… e apenas nas últimas linhas dá a dica do fake!!!
    vc deveria usar unhas, cabelos, e lixo na sua decoração… isso hoje é a moda!!!

    renata

    novembro 28, 2008 at 11:01 pm

  27. Com o mundo nesse caos imenso, vc anda preocupado com corais para decoração de sua casa?
    Toma vergonha, cara!!! O coral é um dos seres mais sensíveis do planeta, está em vias de extinção…
    Estimular o comércio destas peças para decoração é contribuir ativamente para a extinção total de tanta beleza.
    Pense bem!!!

    Vera

    novembro 29, 2008 at 2:45 am

  28. Desculpe, viu? Fiquei tão indignada com o fato de alguém pensar em corais para a decoração da casa que não li até o fim. Mal de brasileiro, né? Não lê nem ouve nada até o fim… Já sai tirando conclusões. kkkkkk

    Vera

    novembro 29, 2008 at 2:48 am

  29. Olá Allex, poderia me indicar alguns sites que vendem coral para decoração…. por ex. achei lindo aquele abajur.
    Obrigada!

    Karina

    janeiro 18, 2009 at 11:43 pm

  30. Oi Cora.
    Lí sobre a sua tentativa de comprar um coral no mediterrâneo e sobre o preço astronômico dele.
    Eu possuo um Coral ( há mais de cinquenta anos – herança de família) originário do mediterrâneo, de cor vermelho intenso (vinho), muito raro, em perfeito estado, que podemos negociar por um preço bem mais módico que o encontrado na lojinha da Ilha de Capri.
    Posso lhe enviar fotos se você se interessar, ou podemos marcar um encontro para vê-lo ao vivo.

    Cordialmente, karem.

    karem

    agosto 13, 2009 at 4:05 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: