AllexInCasa: pra quem sempre volta pra casa

Just another WordPress.com site

O Aviador

with 2 comments

Ainda da série Vencedores do Prêmio Design da Casa Brasileira, cá está o primeiríssimo lugar na categoria Mobiliário: a cadeira Aviador, cria da dupla carioca Fernando Mendes de Almeida e Roberto Hirth.

“Às vezes precisamos escapar um pouco do binômio forma-função e adicionar um pouco de fantasia às nossas vidas. A inspiração da Aviador vem de longe: braços que lembram as asas dos aviões que aqui chegavam nos anos 50 e uma estrutura em estrela que nos traz à mente uma hélice. Pode-se viajar além. As hastes metálicas de um biplano, e até a nobreza do couro do estofamento que remete às antigas jaquetas dos aviadores. Nela, porém, a inspiração se faz presente na medida certa, pois não se trata de um móvel temático, e sim de um projeto totalmente inovador. A Aviador é pequena como uma cadeira, mas oferece o conforto de uma poltrona”.

“A fabricação da cadeira emprega tradicionais técnicas de marcenaria. Os pés dianteiros e a travessa traseira são torneados, o assento e o encosto são de laminação de compensado moldado e revestidos de espuma e couro. Os braços, travessa dianteira e as duas estruturas laterais, são usinados em madeira maciça e encaixados com espigas e cunhas, o que dá grande solidez à peça. Duas hastes metálicas fazem o travamento longitudinal da peça. Produzida em peroba e cedro de reaproveitamento e/ou madeira certificada, cada peça é numerada.” Curtiu? Comente!

Anúncios

Written by AllexInCasa

dezembro 4, 2008 às 6:01 pm

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Realmente a MCB deixou a desejar. O Brasil está se aprimorando cada vez mais em design, inovação e tecnologia; premia uma cadeira sem esses requisitos. Temos exemplos e somos já exemplos de um design inteligente. Esperava que a MCB reconhecesse e premiasse igualmente a altura do design mundial.

    Milena

    dezembro 10, 2008 at 10:05 am

  2. Esta cadeira é, de verdade, L-I -N-D-A!!!!!!!! Discordo frontalmente do comentário de Milena, que, aliás, me pareceu truncado, salvo engano. A peça parece bem robusta e, não obstante, muito bonita; transmite uma ideia de solidez, convivendo bem com o toque fino das hastes metálicas . E parece bastante confortável, exceto, para mim, claro, no referente aos braços que, talvez, talvez,repito, pudessem ser inclinados, descaindo para trás. No entanto, a sensatez do desenho é tão evidente, que dificilmente seus felizes autores não teriam examinado, considerado e experimentado diversas alternativas no ítem, antes de darem por finalizado seu belo trabalho.

    torreal

    fevereiro 2, 2009 at 4:16 am


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: