AllexInCasa: pra quem sempre volta pra casa

Just another WordPress.com site

Star Trek

with 2 comments

Milão não é tendência”, sentencia o editor de estilo (e meu vizinho de mesa) Fabrizio Rollo sobre o Salone del Mobile, que rolou na semana passada. “Claro que exitem coisas legais, uma novidade aqui e outra ali, mas, no geral, a feira não estava, como nas outras edições, tão ávida por invencionices. Não que isso seja negativo, ao contrário: o mercado não precisa dessa efemeridade pasteurizada, quantitativa”.

Fabrizio credita a contenção à crise ecômica mundial, que nitidamente reduziu a marcha dos fabricantes. “Esta edição não estava tão colorida, por exemplo. Grandes marcas como a Vitra, que sempre investiram pesado na apresentação dos estandes, optaram por ambientações discretas ao invés dos mise-en-scenes espetaculares. A produção dos móveis, em si, também foi afetada. As empresas apostaram na cor branca mais por estratégia do que por estilo”. Entre os lançamentos que o Fabrizio mais curtiu, está o lustre Hope, da Luceplan, criado pelos designers Francisco Gomez Paz e Paolo Rizzatto.


O lustre Hope, da Luceplan, criado pelos designers Francisco Gomez Paz e Paolo Rizzatto: um dos highlights apontados pelo sabe-tudo Fabrizio Rollo / foto: Reprodução

A inspiração meio retrô lembra a indefectível alcachofra de Poul Henningsen, hit dos anos 60/70. Feito com placas holográficas transparentes e levíssimas, ele é tão modernex e original que poderia estar tanto na Enterprise, nave-mãe da série Star Trek, quanto na casa de qualquer um de nós. “O legal desta peça é que os criadores pegaram um shape que já existia e conseguiram fazer algo novo, super fresh“. Fabrizio aprovou – e eu também. Para saber mais, clique no Mocoloco.com, blog gringo bacanérrimo de onde pincei a imagem.

Anúncios

Written by AllexInCasa

abril 29, 2009 às 4:04 pm

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Allex,
    Eu sinto o mesmo sobre as novidades, nao sei se é a Crise, mas acho que tendencia, é algo dificil de traduzir, eu estou vendo isso na loja agora.
    As pessoas estao procurando fazer um cantinho nas suas casas para chamer de meu, o que acho muito bacana, cada um tem que expressar o que sente na sua intimidade, as tendencias de decoracao limitam a criatividade do individuo que quer ter seu conforto.
    Bonito é algo relativo, util e agradavel merecem uma chance….
    Dificil explicar esse meu sentimento.
    beijocas e parabéns pelo blog, está o maximo!!!
    Doris

    Doris Sochaczewski

    maio 2, 2009 at 5:01 pm

  2. Olá, Doris! Tudo bom?

    Pois é, concordo contigo. Se por um lado as tendências são fundamentais para movimentar o mercado de vanguarda, por outro, algumas vezes a industrialização e o afã pelo novo acabam forjando conceitos equivocadíssimos. Uma casa precisa ter, antes de mais nada, a personalidade de quem vive ali.

    Obrigado pelos elogios e volte sempre.

    beijos.

    Allex Colontonio

    maio 4, 2009 at 6:32 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: