AllexInCasa: pra quem sempre volta pra casa

Just another WordPress.com site

Muxarabi

with 10 comments


Aparador Xadrez, Maria Cândida Machado para a Interni

Dica para refrescar o décor – e a cuca: mais do que as transparências, as superfícies vazadas são o máximo da leveza na decoração – desde as palhinhas dos anos dourados aos rabiscos do último grito do design. Por mais pesado que seja o material (ferro, aço, madeira ou coisa que o valha), esse efeito oxigena o look e ajuda a equilibrar as combinações.


Cena do quarto do refúgio ventiladíssimo projetado por Isay Weinfeld no litoral paulista

Falo por experiência própria: lá em casa, por exemplo, onde o aproveitamento de cada centímetro cúbico vale ouro (o apê é uma lata de atum, como vocês sabem), meu set de cadeiras Bertoia funciona como nenhum outro, fazendo o espaço, apertado, fluir melhor. Ali consigo até inserir elementos mais sólidos, de shape denso, como um banquinho brutalista de Hugo França, sem embates – só não dá para abusar muito para não comprometer a circulação.


Dois takes registram a versão do muxarabi contemporâneo de Weinfeld na casa de praia

Mas o mote inspirador do post veio da arquitetura: há dois anos, publicamos na Casa Vogue um refúgio de praia fabuloso, em Iporanga (Guarujá, litoral norte de Sampa), assinado pelo Isay Weinfeld (na minha modesta opinião, o melhor projeto residencial traçado por ele nos últimos anos). Observe como o Isay equilibra as linhas retas e puras do desenho com o sotaque étnico dos muxarabis (treliça característica da arquitetura moura, de grande identidade estética e uso estratégico: possibilita ver sem ser visto, como pede o estilo low profile das mulheres árabes).


Da esquerda para a direita: cadeira Pantosh, da Lattog; poltrona de Aristeu Pires; chaise Rodolfo Dordoni para a Atrium; poltrona Espaço Casa; banquetas Reinhad Dienes

Mais conceitual ainda (e exótica) é a casa japonesa dos arquitetos Masahiro & Mao Harada, batizada de “Sakura House” (ou “Casa Cereja”). Totalmente de vidro, a morada recebeu, para efeitos de proteção, uma segunda pele de aço inoxidável, composta por painéis furados sistematicamente com desenhos que simulam as folhas da cerejeira, símbolo nipônico de prosperidade. O visual modernex traz mais do que apelo vanguardista: a casa é absolutamente ventilada e iluminada, mesmo estrangulada pelo terreno minúsculo (uma realidade em Tóquio).


No alto, chaise Spine, de André Dubrevil; à esquerda, poltrna de Estevão Toledo e mesa de Ferrucio Laviani, Montenapoleone

Sean Godsell, um dos papas da arquitetura contemporânea, assina a Glenburn House, incrustada no alto de um morro no vale do rio Yarra, uma das mais belas regiões da Austrália, entre florestas de eucaliptos, vinhedos e fazendas. Toda ripadinha, a casa se estende pela paisagem quase como um código de barras. A construção é uma investigação profunda da ideia de varanda como espaço fluido, com jogos de filtros e sombras. Genial!


Day bed étnica Indoasia; estante Freecell; cadeira Bertoia e mesa de centro Linea

Na pegada “ventilada” dos muxarabis das mil e uma noites, dos furinhos orientais e das ripas australianas, armei (junto com a Paula Queiroz, jornalista e produtora cheia de gás – e talento) uma seleção de mobília vazadinha que funciona como coringão em qualquer canto – e combina com qualquer estilo de décor. Tem de tudo um pouco e um pouco de tudo: das Bertoias da minha sala de jantar (aqui também em versão Diamond) à cereja do bolo do design italiano – garimpado na Montenapoleone e na Atrium –, dos traços tétricos de Konstantin Grcic, via Micasa, às linhas bem esticadas dos nosso Aristeu Pires e Estevão Toledo. Tudo para a sua casa respirar melhor! Oxigênio já!


Aparador Claudio Bambrilla, Montenapoleone


Seleção pinçada na Artefacto: mesa lateral e chaise Karim Rashid; poltrona Pigalle, do filipino Kenneth Cobonpue


Casa projetada por Sean Godsell na Austrália


Cadeira de Jum Hashimoto; cadeira de Konstantin Grcic; poltrona Toque da Casa; cadeira de Patrick Jouin; Bertoia em versão Diamond


Cadeira de raquete de tênis by Punga & Smith; cadeira plahinha Velha Bahia; cadeira Clarissa, Toque da Casa; poltrona de tiras versao clara, Toque da Casa; poltrona Armando Cerello


Cadeira Artefacto Beach & Country; versão de cadeira Konstantin Grcic com pés de inox; banquetas ripadas Abitare; mesa de apoio Catallogo e gardean seat Artefacto Basic


Fachada da Sakura House, no Japão


Estofados B&B Italia, Atrium; cadeira Baber; sofá Shiro Kuramata

Anúncios

Written by AllexInCasa

julho 24, 2009 às 2:56 pm

10 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. belíssima seleção

    Renato Bokaro

    julho 24, 2009 at 3:07 pm

  2. ai que luxo esses furinhos! adoro!

    Rutinha

    julho 24, 2009 at 3:07 pm

  3. o aparador da abertura é surreal de tão lindo

    Leonardo C. Castro

    julho 24, 2009 at 3:14 pm

  4. MUXARABI: The Best of Allexincasa!!
    Destaque para a Cadeira vermelha de Konstantin Grcic e aparadores Etel e Montenapoleone. Lindos!!
    Bj

    Paula Queiroz

    julho 24, 2009 at 3:31 pm

  5. moveis para pessoas diferentes ,com estilo e visuais arojados para poucos . bellismo?

    EDSON

    julho 26, 2009 at 11:45 am

  6. Realmente uma bela coleção. Mas senti falta daquela reinterpretação dos Campana para os fios de nylon tipo espaguetti dos anos 70, que os Campana fizeram. De qualquer forma, parabéns pelo post.

    Lucas

    julho 26, 2009 at 7:33 pm

  7. quero todas as furadinhas para mim. sera que cabe la em casa? hehehehe bjs

    Elizete

    julho 27, 2009 at 11:13 am

  8. Dá-lhe Colonta, rei dos furos jornalisticos – e de furar a cerveja com os amigos. 😛

    Thiago

    julho 27, 2009 at 5:25 pm

  9. Muito lindos embora distantes demais da realidade do brasileiro

    Adriana

    julho 30, 2009 at 8:14 pm

  10. esta cadeira pantosh da latoog… gostaria de saber se encontro em brasila, se sim, onde? … preciso urgente.

    graciele

    março 8, 2010 at 5:52 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: