AllexInCasa: pra quem sempre volta pra casa

Just another WordPress.com site

Sacada boa

with 5 comments

Há alguns anos (uns sete, talvez oito), estive lá na fábrica da Saccaro, em Caxias do Sul, região linda debruçada sobre  as colinas da Serra Gaúcha, recheada de casinhas bucólicas de inspiração europeia, vinhedos de pedra e parreirais robustos (até hoje nunca vi uvas tão grandes, embora tenha visitado algumas plantações na França, Portugal, Itália, Chile e Argentina, por exemplo)… Enfim, aquela paisagem típica do interior do Rio Grande do Sul. Na época, a grife começava a investir pesado em design, com uma variedade sem fim de novos nomes e apostas, sem perder a tradição artesanal – eles começaram mais de 50 anos atrás, produzindo cestarias de vime. Apesar da parafernália tecnológica, o acabamento era completamente hand made, com funcionários habilidosos trançando as fibras (sintéticas e naturais) em cada peça, sob o comando quase paternal dos irmãos Saccaro.

Entre erros e acertos, o saldo é uma das marcas mais poderosas da indústria moveleira do país. E essa evolução está cada vez mais óbvia em coleções tipo exportação, que fazem sucesso dentro e fora do país. O mais legal é que eles se arriscam também em outras searas, como a da cerâmica (para mim, a mais poética das artes decorativas, como já escrevi aqui), mordendo uma nova vertente plástica e incentivando um nicho que dificilmente tem chance em escala industrial. E foram direto ao epicentro do furacão, convocando quem realmente entende do riscado. Todo esse nhenhenhê para dizer que estou completamente apaixonado pelas peças da Kimi Nii (www.kiminii.com.br), uma das maiores artistas brasucas do gênero, que assina a coleção exclusiva que colo aqui. Em escala industrial, vírgula: no caso, são apenas 30 modelos numerados de cada uma das peças desenvolvidas – bowl grande, pequeno e centro de mesa.  O grande barato dessa arte é que as cerâmicas, moldadas manualmente e queimadas em alta temperatura, variam o shape, o peso, a cor e as dimensões, como quase tudo aquilo que não disfarça sua origem orgânica. Disponível em verde, preto e azul claro (a cor da vez, aqui e na Riviera, lembra?).

Anúncios

Written by AllexInCasa

setembro 9, 2009 às 10:59 pm

Publicado em Design

Tagged with ,

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. ahhhhh… Kimi Ni é barbara. Mas custa uma fortuna direto no ateliê, imagine via Saccaro.

    Adriana

    setembro 10, 2009 at 10:31 am

  2. Hi, Boss, seja bem-vindo de volta!
    Quantas novidades! Te confesso que estava “em falta” com seu blog, mas hoje coloquei a leitura em dia!

    Os posts estão super bacanas, principalmente o da Saccaro, Também estive na fábrica da marca onde pude acompanhar de perto o trabalho minucioso da equipe de produção e desenvolvimento.

    Adorei as boas novas!

    Beijinhos!

    Ana Lúcia de Arruda

    setembro 10, 2009 at 11:05 am

  3. eu quero

    Luciana

    setembro 17, 2009 at 6:39 pm

  4. a quem possa interessar :

    o preço sugerido para o bowl pequeno Kimi Nii é de
    R$ 743,90 e para o grande – R$ 978,68.

    Juliana Lolato

    setembro 23, 2009 at 4:07 pm

  5. que caro!

    Deise

    setembro 29, 2009 at 12:20 am


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: