AllexInCasa: pra quem sempre volta pra casa

Just another WordPress.com site

Só pra contrariar

with 38 comments

Cruz-credo! Choveram mais tomates no post de ontem do que lá em Buñol, na Tomatina espanhola. Calma, minha gente! Ninguém vai bater a cabeça nas prateleiras – elas ficam suspensas, até segunda ordem. De qualquer forma, é só um projeto acadêmico-experimental (maravilhoso, diga-se de passagem, até por brincar com essa estética do ordinário e despertar tanta controvérsia numa cena assumidamente metida a besta, como é o setor moveleiro). Curtir ou não curtir, eis a questão – uma vez que gosto é igual nariz: cada um tem o seu.

Sem provocações, como quinta é dia de feira (literalmente, já que tem uma lá na porta de casa e outra aqui atrás da redação), taí o gancho perfeito para esticar a polêmica. Não que seja algum tipo de obsessão, mas já adianto que não vai sobrar caixa sobre caixa nesse blog, de tanto que tô interessado em mastigar o assunto (aliás, se você tem alguma dica bacana de reutilização desses engradados bonachões, me conta já!).
Espaço-204-poltrona-de-caixotes
Olha só que frugal – e divertida – essa cadeira Beck, feita à moda das ripas de caixotes que carregam verduras e legumes. Sem nenhuma pretensão, a peça tem look rústico quente e apelo estético charmosão que não entrega seu passado no CEASA. A pitada sofisticadinha fica com a almofada e suas indefectíveis listras.

O lançamento é do Espaço 204, loja do shopping D&D (www.dedshopping.com.br), que anda investindo pesado em móveis ecologicamente corretos. Leva aê, freguesa!

Anúncios

Written by AllexInCasa

outubro 22, 2009 às 5:13 pm

Publicado em Design

Tagged with , , , ,

38 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. estrutura bem boa, trocaria a almofada por uma de couro caramelo…

    rodrigo almeida

    outubro 25, 2009 at 2:18 am

    • … Se for preço de jacarandá com couro legítimo, prefiro as matérias primas aqui citadas…

      PutaMeda...

      outubro 26, 2009 at 6:07 pm

  2. pessimo, o conforto, peça ja inventada, não tem originalidade, criando um mal estar para quem olha, acredito ser iniciante, retas, e quadrado, faltou ate inspiração, segurança , criatividade, para chegar este modelo acredito que jogou muita madeira fora, prego,pano, fora de proposito (estilo caçamba) realmente para contrariar

    antonio

    outubro 26, 2009 at 4:41 pm

    • … Aí Antonio; já percebeu que não dá para ficar contra o colunista, pois sempre alguém resolve “puxar o saco”, né?

      PutaMeda...

      outubro 26, 2009 at 6:09 pm

  3. ela não suportaria um gato, prefiro o caixão de

    ventura

    outubro 26, 2009 at 4:56 pm

  4. ANTÔNIO, MOSTRE A SUA CRIATIVIDADE,DE PREFERENCIA EM VÍDEO,TÁ? INVEJA MATA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ACHEI LEGAL A PROPOSTA DA CADEIRA C/ MATERIAL RECICLADO.

    dora

    outubro 26, 2009 at 4:58 pm

  5. Adorei a idéia da cadeira. Super original. Se já fizeram igual, não sei, só sei que gostei! É de idéias assim que precisamos hoje em dia. Um mundo mais sustentável.

    Larissa

    outubro 26, 2009 at 5:12 pm

    • … Se for preço de jacarandá com couro legítimo, prefiro as matérias primas aqui citadas…

      PutaMeda...

      outubro 26, 2009 at 6:10 pm

  6. O trabalho com material já usado é cada vez mais bem vindo. A natureza e o futuro da humanidade agradece. Com certeza, essa cadeira tem lugar garantido em uma decoração personalizada.
    Gostaria de ver um trabalho desse autor com reciclagem de garrafas pets.

    Sds

    João Carlos

    outubro 26, 2009 at 5:31 pm

    • … Se for preço de jacarandá com couro legítimo, prefiro as matérias primas aqui citadas…

      PutaMeda...

      outubro 26, 2009 at 6:06 pm

  7. Gente, interessantíssima essa cadeira, que segundo o Antônio não é original, mas o que é original nesse mundo, você, Antônio? Pessoas como você, o mundo está abortando!Elogie, ao invés de criticar, ou então critique educadamente, seja mais humano, porque nem para ser reciclado você serviria! Parabéns a ideia do projeto! Tenho filhas e penso num mundo suportável e possível para elas. Espero que com bem menos “Antônios”. Desculpe Antônio, tive que chocar, pois fiquei chocada com seu “desprezível” comentário.

    Cynara

    outubro 26, 2009 at 6:05 pm

    • … Se for preço de jacarandá com couro legítimo, prefiro as matérias primas aqui citadas…

      PutaMeda...

      outubro 26, 2009 at 6:07 pm

  8. Tem muita gente que quando ve uma ideia agradavel epor não ter capacidade de fazer uma cópia, entra no site só para meter o pau no inventor, criatura de DEUS a inveja é um pecado pesado demais para se levar pro outro lado da vida, seja um pouco realista, a cadeira não foi feita com a ideia de tornar um móvel de duração longa, para quem pouca grana e um pouco de imaginação, serrote, prego e um pouquinho só de grana é sóir no mercadão e pedir aos comerciantes alguns caixões e terá com certeza cadeiras para a casa e vizitantes, eu particularmente achei uma ideia genial, se outro já lançou este produto na internet, deve estar satisfeito porque outro a utilizou, muito bem continue assim pois cortar árvores é crime contra a nossa espécie,pois uma dia nós ficaremos sem o tão famoso oxigenio e nos arrependeremos de destruir a natureza, parabens ao inventor e uma puchada de orelha nos críticos.
    Faleie disse.

    antonio milanez

    outubro 26, 2009 at 6:10 pm

    • … É, falou e disse, mas escreveu errado, no mínimo “puchada”, que é com “X”…

      PutaMeda...

      outubro 26, 2009 at 6:12 pm

  9. Que horror !!! e não tem nada haver com a madeira, o modelo é horrível, mas como tem gosto para tudo 🙂

    Carla Soliman

    outubro 26, 2009 at 6:12 pm

  10. Parabens pelo trabalho. Lindo demais.
    Dá para ensinar como fazer??

    Um abraço

    Eduardo

    Eduardo

    outubro 26, 2009 at 6:22 pm

  11. Feia demais, mas minha sogra tambem é e eu gosto dela … até tem um pouco de charme essa cadeira

    Luiz

    outubro 26, 2009 at 6:25 pm

  12. Estou tentando descobrir madeira de que caixote eles usaram para fazer essa cadeira, pois geralmente as caixas de frutas tem umas ripas grossas nas pontas, mas a grossura é de máximo 20mm e comprimento máximo entre 30cm e 40cm. E nas laterais, geralmente são tábuas mais finas, de aprox. 14mm em geral. Se fizer cadeira com isso, com certeza nem gato pode sentar em cima. Sem contar que quase todas as caixas são de pinus, sem algum tratamento, já com azulamento. Eu iria acreditar antes se a reportagem fôsse dizer que a cadeira foi feita de paletes reaproveitáveis, onde muitos paletes são feitos de eucalipto, canafistola e até resto de peroba, com ripas de 22x100x1200mm e a base regalmente tem 40x60x1200mm, o que dá boa perna. Em resumo: faltou detalhe par dar credibilidade.

    Ze Ninguem

    outubro 26, 2009 at 6:32 pm

  13. acho que o problema dessa cadeira é o acabamento que é ruim, a idéia de usar madeira reciclada não é original não, tenho móveis de madeira de demolição, porém, trabalhados com acabamento de primeira.

    esse acabamento nem existe, é por isso que está sendo tão criticado.
    não adianta ter uma boa idéia sustentável, se a qualidade e o acabamento são péssimos.

    capato

    outubro 26, 2009 at 6:39 pm

  14. Dando continuidade, por minha experiencia, 2 paletes usados dá uma boa cadeira ou um palete dá um bom banquinho. E ficaria excelente, se o camarada tem daquelas máquinas combinadas com geralmente umas 6 funções (serra, plaina, furro, tupia, lixa, torno). E para completar, um daqueles compressores pequenos, com acessórios para pintura. Dá para fazer um excelente trabalho, além de bons trocos.

    Ze Ninguem

    outubro 26, 2009 at 6:40 pm

  15. concordo com o sr zé ninguem, só adicionaria um profissional que saiba utilizar o maquinário e tenha uma noção de ergonomia, e desiner, a fim de promover um melhor acabamento nisso. afinal, não é porque é reciclado que precisa ser mal acabado e de mal gosto

    capato

    outubro 26, 2009 at 6:48 pm

  16. parece uma cadeira feita de caixote de laranja , coisa de favela!

    Paulo Prtetico

    outubro 26, 2009 at 8:02 pm

  17. A ideia de reciclar materiais é fantástica, mas essa cadeira…. é horrorosa!!!! Fora que ela também parece ser bem desconfortável. Espera aí né gente… não é por ser reciclada que nós devemos aplaudir qualquer bugiganga e voltar para a pré-história… me poupe vai!!!

    Viviane

    outubro 26, 2009 at 8:19 pm

  18. Q coisa besta tomatina espanhola !!! ossa…nunca viria essa coisaaaaaaaaaa

    Vit

    outubro 26, 2009 at 8:27 pm

  19. Achei muito legal, mas mudaria os angulos e junções para ficar mais “equilibrada”. Diminuiria os comprimentos das intermediárias laterais e descartaria a inteermediária traseira que acho que n/ão é necessária e adeixa um pouco pesada. Não só a matéria prima da confecção é interessante….

    André

    outubro 26, 2009 at 8:43 pm

  20. já que qualquer porcaria é encarada como “obra de arte” vou mostar aqui que até mesmo um saco cheio de lixo, bem compactado e pintado com tinta guache vira um charmoso pufe. assim não vai para o lixo, não fede (se o saco não estourar), dá menos trabalho para o lixeiro, etc… essa ideia da cedeira parace ter sido tirada da revista “MAD EM PORTUGUES” RSSS

    fabio luna

    outubro 26, 2009 at 8:58 pm

  21. A tah… Sou MARCENEIRO e … Faço uma aposta de: QUEM FAZ UMA CADEIRA DESSA COM ” APENAS CAXOTE DE FEIRA, PREGO E PANO !”

    Duvido !!!

    Elton Hoffmann

    outubro 26, 2009 at 9:15 pm

  22. é enfeite eu não sentaria nisso concordo com vc Elton

    carlos

    outubro 26, 2009 at 9:37 pm

  23. O zé ninguém matou a charada. Com caixote de feira é impossível fazer uma cadeira como esta. Pelo menos os pés não são de caixote.

    ZéAntônio

    outubro 26, 2009 at 9:56 pm

  24. Puts, não quero quebrar o clima de”te pego lá fora”, mas a matéria diz que : “…feita á moda das ripas…” não diz que é feita de caixa de feira…. Mas que lembra e parece ser feita como tal isso sem dúvida …
    Mas apostaria uma boa grana que esta madeira nunca foi de uma caixa de frutas ou palete… parece mais ser uma peroba de demolição, que diga-se de passagem está se tornando os zóio da cara….
    Abraço a todos Estê.

    Estê Toledo

    outubro 27, 2009 at 3:23 pm

  25. Super estilosa! Adorei!
    bjs

    Tina

    outubro 27, 2009 at 5:25 pm

  26. Também acho um luxo essa volta ao natural

    Raquel

    outubro 27, 2009 at 7:26 pm

  27. nao teria mas achei muito legal

    Diego Mucazza

    outubro 28, 2009 at 10:43 am

  28. De caixote de feira também duvido, mas se me disserem que é de pallets, pode até ser daqueles de eucalipto.

    lindomar

    outubro 28, 2009 at 12:04 pm

  29. Please , ler o texto do Allex com atenção…e aprender!

    tuxa murgel

    outubro 28, 2009 at 6:08 pm

  30. […] neles? Se for, juro que é involuntário! Só para esclarecer: claro que a poltrona Beck postada aqui ontem não é feita com caixotes de frutas, mas sim inspirada neles. O parece-mas-não-é não passa de […]

  31. Bastante criativo, gostei

    Regina

    outubro 29, 2009 at 4:54 pm

  32. Madeira é sempre um clássico!!

    Mais móveis criativos aqui:

    http://www.whatiscoolforyou.com.br/search/label/COOL%20HOUSE

    Amanda

    novembro 4, 2009 at 12:56 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: