AllexInCasa: pra quem sempre volta pra casa

Just another WordPress.com site

O chapeleiro maluco

with 3 comments

O SPFW passou e eu acabei perdendo o fio da meada – passei por lá tão vapt-vupt que nem rolou escrever sobre os lounges mais bacanas da temporada ou sobre a roupagem cyber-internética que Daniela Thomas usou para vestir a Bienal.

Agora já foi… Mas o desfile de Samuel Cirnansck não poderia passar incólume pelo blog, ainda que com um delay básico.

A inspiração da coleção de inverno 2010 foi nada menos que o mobiliário inglês, mais especificamente aquele assinado pelo designer Thomas Chippendale, com seus móveis pesadíssimos.

samuel-cirnansck-spfw-inverno-2010colage

Os looks décor-fashion de Cirnansck: saia com mesa acoplada, vestido de almofadinhas capitonê e adorno de cabeça em formato de abajur © Agência Fotosite/FFW

Momento Wikipedia: o londrino Chippendale se consagrou em 1750, quando redesenhou as linhas clássicas de mesas, cadeiras e gabinetes com pitadas paladianas, góticas, francesas, holandesas e chinesas, em efeito meio pastiche, mas cheio de curvas e entalhes. Não só consagrou-se como virou sinônimo de um estilo: quem é do metiê, muito provavelmente já ouviu o termo “móveis Chippendale”. Espia a seleção para sacar melhor o gênero.

moveis-classicos

De volta às passarelas, com um desfile über-conceitual, Samuel parece ter levado a referência ao pé da letra, em efeito meio surreal, meio Alice.

O look mais comentado foi o que tinha a aplicação mais inusitada que já vi em moda: uma mesa de 25 quilos fundida à saia! Sem falar nas cúpulas de abajur bordadas com franjas de cristal, que viraram chapéus na cabeça das modeletes, ou nas caudas dos vestidos com almofadas de capitonê. Espetacular. Veja no vídeo via portal FFW:

E todo esse conversê aí em cima sobre móveis ingleses me despertou uma larica danada do chá das 17h. A Tissy Brauen, top produtora de Casa Vogue, que acaba de voltar da licença-maternidade com novidades que vão muito além das corujices do fofíssimo Antonio (seu rebento de olhões azuis), me mostrou esse infusor descoladíssimo, com nome tão genial quanto o shape: Yellow Submarine. Qualquer menção aos Beatles não é mera coincidência… Procure no monkey-bus.co.il

yellow-submarine-tea-bag

Anúncios

Written by AllexInCasa

janeiro 27, 2010 às 4:59 pm

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Quero um Yellow Submarine.

    Ivan Domiciano

    janeiro 27, 2010 at 6:54 pm

  2. assisti ao desfile no gnt e fiquei impressionada com o evento. ja as roupas…

    Vera Pacheco

    janeiro 28, 2010 at 10:14 am

  3. alguém usaria uma saia-mesa??? kkkkkk Esses estilistas são malucos

    Ana Paula

    janeiro 28, 2010 at 10:47 am


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: